Não dá tempo

Gente, de verdade, não tem dado tempo de escrever.

Resumindo super rapido, nas ultimas semanas arranquei meus quatro sisos e levamos o Thor até munique para ver a oktoberfest (e o guddy). Acabei de mandar umas fotos pro flickr (veja ao lado) do Thor em sua primeira oktoberfest, e outras.

Beijos sem tempo!

Manual de instruções

Manual do nenem

Encontrei o manual para o Thor.

Agora até ele fazer um ano nós saberemos o que fazer.

Vale a pena clicar na foto e olhar os detalhes da capa. Eu achei genial!

Beijos com “operating instructions”!

Happy 60th birthday mammy!

Hoje é um dia muitíssimo especial! É o dia em que Barbara Asmussen, também conhecida como mãe do Kri ou filha da Susi, celebra 60 anos de existência.

Por um lado é triste o fato de ela não estar mais viva para celebrar conosco esta data tão especial, por outro lado é admirável e alegre o legado que ela deixou.

Tenho certeza que a Barbara, se ainda estivesse por aqui, ia querer que todos nós festejássemos alegremente este dia, então é isto que devemos fazer :-)

Um beijo mãe!

Thor + BauMilha no Babybouncer!

Este post vem com algumas semanas de atraso… Antes tarde do que nunca!

Outro dia fomos no baby-welt, uma loja de apetrechos para nenem vizinha do IKEA. Nem lembro qual era nosso objetivo mas era algo tipo comprar chupetas ou meias mas inevitávelmente caímos em tentação. Acabamos comprando dois equipamentos novos para a “caDIMIa” do Thor.

O primeiro é o BumBa, uma poltrona de espuma moldada para encaixar a bundinha dele e sustentá-lo enquanto ele aprende a sentar; serve também de “descanço” para os país que precisam de seus dois braços quando estão com o atelta no colo (análogo àqueles apoios de celular :-D ). O equipamento funciona muito bem, mas o Thor não fica nele muito mais do que 5 minutos.

O segundo (e mais legal) é o babybouncer, é como uma cadeira de alpinismo que é presa no teto com uma mola no meio; você regula de forma que as pontas dos pés do Thor encostam no chão assim ele fica como se tivesse em pé e consegue pular, rodar, andar de lado, enfim fazer diversas manobras. A cadeirinha também apoia a coluna para ajudar a sustentar o atleta.

A estréia do babybouncer foi espetacular!!! Primeiro enquanto estávamos tentando colocar o Thor na cadeirinha o BauMilha começou a ter um ataque esquisofrênico (de ciúmes) e quase derrubou a Carol, o Christian, o Sofá e a coluna que sustenta a casa… Tivemos que botar os dois nintendogs pra fora…

Assim que soltamos o Thor no babybouncer as perninhas dele começaram a se movimentar como pistões de um formula 1 como resultado o corpo dele começou a se movimentar para cima e para baixo o que deixou o thor muito alegre e agitado e o resultado disto foi que suas perinhas se moviam ainda mais forte e rápido, enfim Thor entrou em moto perpétuo acelerado :-) Quando ele não conseguia mais acelerar a velocidade das pernas, comecou a mover os bracinhos inicialmente como um gavião (corinthiano que ele é) evoluindo para uma libelula ou um beija-flor. Como eu disse, um espetáculo!

No dia seguinte, enquanto a Carol ainda estava lá em cima, eu desci e peguei a máquina fotográfica, o babybouncer, o Thor e o BauMilha. Foi um barato, não é a toa que tirei umas 20 fotos… O BauMilha se aproximava do Thor mais e mais e aí o Thor dava uma catapultada (chutando o chão) e o BauMilha pulava para recuar. Confira as fotos!

Beijos espetáculares!

Trabalhando nosso jardim

Nossa casa tem um grande jardim que vem com diversos benefícios mas também uma dose de manutenção.

Logo quando mudamos, nos primeiros dias, BauMilha fez a peripécia de escapar pelo buraco da cerca viva. Como medida temporária, colocamos uma cerca de “barbante” laranja horrível (que você vê nas primeiras fotos).

Lá pro meio de abril a Carol e o Thor foram até o Jumbo (tipo peg & faça) e comprou um rolo de cerca de metal verde por que ela já “não aguentava mais aquela cerca brega”….

Foi bem facim de instalar e ficou muito bom, o gostoso é que acompanhando as fotos você também conhece um pouco do nosso jardim na primavera.

Nossa grama também estava um pouco mocoronga por que eu vacilei e deixei ela grande no inverno, e a neve fez ela ficar parecendo cabelo de nerd com gel. Aí demos um tratamento com viticutieren e botamos um adubo anabolizado… Bom, curta as fotos!

Beijos jardináceos!

Não deu tempo

Só para avisar, estou devendo dois posts, um com o filme da aula de natacão (que está sendo editado ainda) e outro com as fotos do novo “baby bouncer”.

Para dar uma prévia já que o lancamento está atrasado eu mandei umas fotos do baby bouncer via celular mesmo.

Beijos boing boing!

aaaa tu tu tu tu tu

E foi assim que Thor deu suas primeiras gargalhadas…

Ontem cheguei em casa do trabalho e quando Thor terminou de mamar fui brincar com ele de fórmula1. A brincadeira é simples, boto ele no carrinho e fico percorrendo o “Cirquito Wangen do Autódromo Zelglistrasse” imitando o barulho de um carro de F1 (uóóó uóoo buuuu buuu wuuuuu wuuuu uóóm uóóm…).

Depois de umas 76 voltas Thor ficou um pouco entediado e demonstrou da única forma que conhece, começou a chorar…. Peguei ele no cólo e para tentar fazê-lo parar de chorar falei: “Aaaa tu tu tu tu tu” e Thor achou isto muito engraçado. Ele deu uma risadinha… Eu repeti a palhaçada e ele deu uma gargalhada! Até assustou com sua própria reação… Ai continuei repetindo até ele ficar cansado de tanto rir.

Hoje, fomos passear com a família inteira (Thor [em seu carrinho], Carol, Raiane, BauMilha e eu) até o Gasthof zum Sternen onde pela primeira vez desde o nascimento do Thor, almoçamos (os dogs não comeram :-).

Na volta, quando chegamos em casa, fiz mais uma série de “Aaaa tu tu tu tu” e desta vez filmamos para compartilhar este momento contigo! Delicie-se com o video abaixo!


Beijos “Aaaa tu tu tu tu tu” !

Thor + Tho & Li - em Wangen

No final de semana passado tivemos o prazer de receber aqui em casa o casal “Tho & Li” que veio de Lausanne para conhecer o Thor e fazer um “pernoite”. Foi muito gostoso ver o Thor conhecendo seus familiares.

Eles chegaram sábado por volta do meio-dia, nós os buscamos no Zurich HB e na volta passamos no Viandus onde compramos uma picanha do italiano.

Chegando em casa e botamos a picanha soterrada em sal grosso no forno e ficamos duas horas batendo papo enquanto a carinha ficava pronta. Neste tempo já deu para o Thomas e a Lianna se familiarisarem com o novo integrante da família. Depois de comermos uma deliciosa refeição ficamos curtindo o entardecer na sala.

Domingão Thor acordou 7:50, ele dormiu uma hora a mais do que o normal. Aproveitei que era tão cedo e desci para ver a corrida de formula 1. Uma hora mais tarde o Thomas desceu e só aí que concluímos que o horário de verão tinha mudado. Os meus relógios todos ajustam automáticamente, mas o do Thomas não… Tadinho, perdeu a largada :-)

Depois ainda demos um longo passeio pela redondesa com Baumilha e Raiane.

Vejam aí as fotos dos últimos tempos! Também, lá na direita, o pessoal do escritório depois de serem “derretidos” por mim no iphone.

Beijo sono…

Primeira aula de natação

Há tempos sabia que hoje seria uma aventura digna de blog! Thor faria sua primeira aula de natação as 17:30 na piscina da fisioterapia do Stadtspital Waid (hospital estadual Waid).

Na sexta-feira passada fui de moto até o hospital para um Infoabend (noite de informações) quando me foram explicados os procedimentos básicos para o curso de Babyschwimmen (Natação de bebê).

Já naquela ocasião percebi não haver quase nenhum lugar para estacionar nas proximidades do hospital. Isto e o fato de a aula ser na hora do rush nos levaram a planejar uma viagem de transporte público, a PRIMEIRA do Thor!

A coordenação logística de um evento destes não é brincadeira, basicamente o dia inteiro é planejado em função disto. O maior desafio, sincronizar as mamadas! Isto por que o intervalo entre uma mamada e outra dura de 2 a 3 horas, se o Thor terminasse de mamar uma hora antes de sair de casa ia estar morrendo de fome quando chegasse na natação. Anyways a Carol já ficou mestre em coordenar isto e consegui (não foi fácil) sair de casa pouco depois das 16h.

No meu front da batalha, por volta de 15:15, marcaram uma reunião de 1h as 15:30 (isto por que eu reservei das 16:30 em diante na minha agenda do outlook). Confesso estava um pouco ansioso :-) As 16:20 disse: “I don’t think my presence will contribute much on the remainder of this meeting”.

Carol chegou com nosso lindo Maverick na porta do banco pouquinho depois das 16:30, pulei no carro, dirigimos 200 metros até o estacionamento. Saltei, abri o porta-malas e comecei a montar o carrinho de bebê enquanto a carol já tirava o Thor do Maxi-cosi (bebê conforto). Carrinho montado, fui pegar a malinha da natação… CARAMBA, que malão! É normal, quando agente não sabe o que nos espera, carrega um pouco de excesso….

Fomos até o novo ponto de Tram (bonde) da linha 10 que passa no UBS agora, compramos os bilhetes e ficamos esperando. Aí percebemos que tinhamos esquecido a Decke (mantinha). Abrimos o malão e sacamos um roupão que enrolamos no Thor. 5min e 45s depois chegou o Tram. O negócio de subir no Tram com o carrinho foi muito emocionante! Fomos até Milchbruck onde baldeamos para o ônibus 69. Chegamos no hospital 17:22.

O corredor da fisioterapia parecia o pacaembu em dia de jogo. Tinha vários carrinhos de bebê estacionados :-) Foi um pouco congestionado, são somente 5 bebês, mas isto na verdade significa 5 pais, 5 mães, 5 malões, 5 carrinhos, 5 wickeltaschen (bolsa de trocar fralda), enfim uma bagunça!

Deixamos o Thor peladinho, botamos a fralda de nadar nele, entrei na água com ele e a carol ficou tirando fotos (deliciem-vos com as fotos, clicando na foto).

Foi muito gostoso mesmo, bem tranquilo, balançando o Thor dentro d’água prum lado e pro outro. Batendo na água para espirrar na cara dele. Jogando aguinha na cabeça dele. Para ele se acostumar com a água sem traumas. Thor é o mais novo tubarão da família!

Beijos flipper!

Cadê o Thor?

Atendendo a pedidos, aí vão as fotos dos lugares mais criatívos onde o Thor já se escondeu. Na verdade estes lugares surgem em momentos em que ele está chorando muito e colocando ele em um lugar novo o faz parar de chorar (temporáriamente). Os comentários das fotos representam os pensamentos do Thor

Esta semana (ou foi semana passada) o Thor aprendeu uma, não, duas coisas absolutamente du-balaco-baco (pra mim que sou pai dele).

A primeira é que agora quando pego ele no colo ele já tem força para jogar a cabeça pra trás de forma a conseguir olhar para mim com grandes olhos curiosos. e com a cabeça balaNGando como aqueles bonequinhos de painel de carro…

A segunda, a primeira vez, veio como efeito colateral da primeira! Ele estava lá olhando fixamente pra mim e balaNGando a cabeça, aí eu resolví balaNGar a cabeça também meio como um daqueles corvos locos de desenho animado. Ele parou de balangar por 1.38 segundos e abriu um lindo sorriso que imediatamente travou meu cérebro, derreteu meu coração e todo o resto do meu interior e deu início a uma cachoeira de baba da marca “pai babão” que escorreu pelo meu queixo caído!

Claro, minha primeira reação foi gritar para a Carol e contar: “Ele sorriu pra mim! Ele sorriu pra mim!”. Ela nem deu muita bola e responde: “São gases…”

Gases nada! Claro que muuuuuuuuuuuuuuito muuuuuuito muuuito tempo depois, uma dia qualquer, ele sorriu para ela também e aí obviamente não era gases :-)

Beijos